quinta-feira, junho 07, 2007

A Catedral do Mar


Título: A Catedral do Mar
Autor: Ildefonso Falcones
Editora: Bertrand

Sinopse:
"Século XIV. A cidade de Barcelona encontra-se no auge da prosperidade; cresceu até ao humilde bairro dos pescadores, cujos habitantes decidem construir, com o dinheiro de uns e o esforço de outros, o maior templo mariano conhecido: Santa Maria do Mar. Uma construção paralela à desditosa história de Arnau, um servo da terra que foge dos abusos do seu senhor feudal e que se refugia em Barcelona. Daqui se torna cidadão e, assim, num homem livre. O jovem Arnau trabalha como estivador, palafreneiro, soldado e cambista. Uma vida extenuante, sempre à sombra da Catedral do Mar, que o tirará da condição miserável de fugitivo para lhe dar nobreza e riqueza. Mas com esta posição privilegiada chega também a inveja dos seus pares, que tramam uma sórdida conspiração que põe a sua vida nas mãos da Inquisição... Lealdade e vingança, traição e amor, guerra e peste, num mundo marcado pela intolerância religiosa, a ambição material e a segregação social. Um romance absorvente, mas também uma fascinante e ambiciosa recreação das luzes e sombras do mundo feudal."

Comentário:
Gostei muito.
Os romances históricos são uma inovação destes tempos modernos. Uma moda. Sinto imensa empatia com este género de livros.
Quanto a este, particularmente, li-o num ápice.
Envolvi-me com a história de Arnau Estanyol, numa Barcelona conflituosa, repleta de clivagens sociais e religiosas. Com um sólido fundamento histórico, explanando as suas fontes, o autor transporta-nos para uma era em que imperava o feudalismo, a escravatura, a Inquisição, os costumes, como as chamadas mulheres públicas ou as prerrogativas dos senhores feudais. Nesse tempo, a palavra liberdade significava tudo...

2 comentários:

Filipa disse...

Estou com vontade de ler este a seguir...

Bjs
Fi

Daniel disse...

Hoje terminei de ler o livro. Realmente uma obra prima da literatura, uma viagem à Espanha medieval narrada de modo tão envolvente que ficava ´difícil deixar o livro para cuidar de outras coisas!! Os personagens narrados de forma encantadora, que faz-nos sentir como se fossemos velhos conhecidos... Não deixe de ler!