domingo, agosto 07, 2011

Luz e Escuridão





Colecção: Saga Luz e Escuridão

Títulos:

Crepúsculo - volume I
Lua Nova - volume II
Eclipse - volume III
Amanhecer - volume IV
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Edições Gailivro


Sinopse:
"A respeito de três aspectos, eu estava absolutamente segura. Em primeiro lugar, Edward era um vampiro. Em segundo lugar, uma parte dele - e eu não sabia qual era o poder dessa parte - ansiava pelo meu sangue. Por fim, em terceiro lugar, eu estava incondicional e irrevogavelmente apaixonada por ele."
"Para Bella Swan, existe algo mais importante do que a própria vida: Edward Cullen. Porém, estar apaixonada por um vampiro é ainda mais perigoso do que alguma vez poderia ter imaginado. Edward já salvou Bella das garras de um vampiro maléfico, mas agora, à medida que a sua destemida relação ameaça tudo o que se encontra por perto e todos os que lhes são queridos, eles apercebem-se de que os seus problemas podem estar apenas a começar..."
"Ao mesmo tempo que Seattle é assolada por uma série de mortes inexplicáveis e um malicioso vampiro continua a sua busca por vingança, mais uma vez Bella encontra-se rodeada por perigo em Eclipse, o terceiro volume da saga de Luz e Escuridão. No centro de tudo, ela é forçada a escolher entre o seu amor por Edward e a sua amizade com Jacob, sabendo que a sua decisão poderá atiçar a luta intemporal entre vampiro e lobisomem. Com o final do liceu a aproximar-se rapidamente, Bella tem mais uma decisão a tomar: vida ou morte. Mas, qual é qual?"
"Amares aquele que te matava, deixava-te sem outra opção. Como poderias fugir, como poderias lutar, se ao fazê-lo magoavas o teu amor? Se a tua vida era tudo o que tinhas para dar, como poderias recusá-la? A alguém que amavas verdadeiramente? Para Bella Swan, o amor inelutável por um vampiro enreda-se de forma fantástica e terrível com uma realidade perigosamente opressiva. Impelida, num sentido, pela sua paixão intensa por Edward Cullen e, no outro, pela ligação profunda ao lobisomem Jacob Black, Bella enfrentou um ano tumultuoso de tentações, perdas e conflitos que agora a coloca perante um momento final e decisivo. A escolha eminente entre ingressar no mundo tenebroso, mas sedutor, dos imortais, ou prosseguir uma existência inteiramente humana é o fio do qual se suspendem os destinos dos dois clãs. Agora que Bella já tomou uma decisão, uma cadeia perturbante de acontecimentos sem precedentes está prestes a desenrolar-se, com efeitos potencialmente devastadores e incomensuráveis. Quando os fragmentos corroídos da sua vida - inicialmente desvendada em Crepúsculo, e depois estilhaçada e dilacerada em Lua Nova e Eclipse - parecem prestes a sarar e a unir-se num todo, será que vão ser destruídos… para sempre? Espantoso e capaz de cortar a respiração, Amanhecer é o final anunciado da Saga Luz e Escuridão, onde se desvendam os segredos e mistérios deste romance épico fascinante, que arrebatou milhões de leitores. "


Comentário:
Há livros, e desta vez em dose quádrupula, que intervalam bem com os densos e difíceis de ler. Também merecemos literatura mais ligeira que nos envolve, que lemos com o coração a palpitar, que tentamos contornar umas páginas para espreitar o que nos aguarda e que em uma semana e meia nos deixa saudades de vampiros e lobisomens. É incrível como uma história de amor me distrai do essencial da saga. Confesso que esses mundos alternativos não são o meu forte. Pescoços descobertos, sangue humano, belezas estonteantes, transformações horrendas, tudo isso está muito bem narrado e descrito ao pormenor nos quatro volumes, a um nível de interesse cultural para lendas que volta e meia continuam tão actuais como o conde Drácula da Transilvânia.
O que me deleitou foi o nível relacional. A sensação de alma gémea (nos vampiros) e marcação (nos lobisomens) permitiu-me equacionar se cada ser humano tem alguém à espera com quem se identifique tão completamente, que formem um só, uma única alma envolvida por um amor invencível e invejável. O que significa que podemos morrer à procura...
Lidos com uma exaustão invulgar, terminei com um sorriso nos lábios e a promessa de uma eternidade acompanhada
.

Um comentário:

Ana Sousa disse...

Eu que nunca na minha vida leria algo com vampiros e lobisomens... fui completamente apanhada!

Tens que ler o Nómada. Eu li em inglês, pq na altura ainda não tinha saído cá... está o máximo. Mas é muito confuso.

Duvido é q ela consiga voltar a escrever algo assim...